É possível ter uma alimentação diversificada e sem o glúten.

Alimentação sem glúten é usual nas pessoas com doença celíaca, ou sensibilidade ao glúten não celíaca, porque nestes indivíduos, o glúten pode danificar as paredes no intestino e provocar diarreia ,doenças auto-imunes e  dores abdominais dificultando a absorção de alguns nutrientes.

Esta dieta melhora também significativamente a função cerebral, aumentar os níveis de energia, a respiração, a imunidade, diminui os níveis de dor, e melhora a saúde da pele.

Existem muitas opções para quem quer viver uma vida mais saudável e sem glúten:

• Ovos
• Carnes (bovina, suína, frango, peixe)
• Legumes
• Frutas 
• Verduras
• Frutas oleaginosas
• Tubérculos como batata doce, aipim, inhame
• Linhaça
• Grão de bico
• Quinoa
• Amaranto
• Arroz
• Farinhas de mandioca, arroz, banana, coco, grão de bico
• Polvilho doce e azedo
• Fécula de batata
• Cacau em pó
• Açúcar de coco
• Sal rosa do himalaia
• Alfarroba
• Canela, pimenta e outras especiarias
• Chocolates (alguns possuem fórmulas sem glúten)
• Macarrão de arroz ou quinoa
• Pães sem glúten
• Biscoitos glúten free
• Óleo de coco

Tome cuidado com os alimentos derivados do milho pois, como a maioria é transgênico, possui uma substância chamada zeína, que atua como glúten.

Espero que depois desta lista todos se conscientizem. Existem sim muitas opções e é possível cortar, ou ao menos controlar um pouco o consumo do glúten. 

Experimente. Sugiro que faça um teste de 21 dias sem glúten e sinta a diferença no seu corpo.